Home » Featured, Prensa

Nota de Gilberto Rodrigues: Ignacio e Guido

11 agosto 2014 No Comment

Ignacio Hurban, Estela de Carlotto

Fuente: http://atdigital.com.br/analiseinternacional/2014/08/ignacio-e-guido/

A Argentina parou de respirar para acompanhar o desfecho de uma saga. Aos 83 anos, Estela de Carlotto, presidente do movimento das Avós da Praça de Maio, reencontrou seu neto desaparecido após 36 anos de incessante busca.

Esse episódio é um inusitado final feliz de uma dramática história coletiva. Ignácio – cujo nome de família biológica é Guido – foi uma das centenas de crianças, cujos pais foram mortos pela ditadura, que foi entregue a uma família desconhecida para adoção.

Essa abominável prática da guerra suja argentina ainda hoje produz comoção no país e no exterior. A Justiça argentina é competente para, num procedimento penal de um crime imprescritível, obrigar suspeitos de serem filhos de mortos de realizar o exame de DNA para comparar com o DNA das prováveis famílias biológicas. Na maioria dos casos, a aparência física entre netos e avós facilita a investigação judicial.

A privacidade é um direito da pessoa que se submete ao exame e tem confirmada a sua condição de filho ou filha de um desaparecido político. Muitas famílias que adotaram as crianças não sabiam ou suspeitavam que elas eram filhas de mortos pelo regime. O filme História Oficial, de Luis Puenzo, ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro (1985), narra o drama da sociedade argentina ao se deparar com o tema do paradeiro dos filhos de desaparecidos adotados por outras famílias, também desconhecidas.

Ignacio não tinha como manter sua privacidade, já que sua avó é uma liderança do movimento que luta há quatro décadas por essa causa. Em sua primeira aparição publica, ele incentivou outros semelhantes a ele a enfrentar a verdade. É o encontro de dois mundos separados por sombras.

Guido diz que prefere continuar sendo Ignacio, o que faz todo o sentido. Guido é muito mais parte da história dos outros do que dele mesmo. Tanto quanto os demais que se descobriram vítimas desse terrível crime, ele passa a ter duas famílias e duas histórias habitando uma só consciência.

Comments are closed.