Home » Uncategorized

Kirchner: um líder controverso

28 octubre 2010 No Comment

Kirchner: um líder controverso

Gilberto M.A.Rodrigues

A morte súbita de Nestor Kirchner deixa um vazio precoce na política argentina e sul-americana. O ex-presidente argentino (2003-2007) e deputado exercia a secretaria geral da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) e preparava sua candidatura para retornar à Casa Rosada em 2011.

Dono de um estilo próprio na política (o estilo K, assim chamado pela mídia) o líder do Partido Justicialista teve sua atuação marcada pelo populismo ao sabor e gosto da tradicional cultura peronista, cultivando o discurso direto ao povo e a relação próxima com os sindicatos.

Em sua última batalha campal – parte do estilo K, em que se colocava como vítima ou defensor dos oprimidos – Kirchner arremetia contra a mídia argentina, em particular o Clarín, colocando em xeque a liberdade de imprensa no País em nome de um projeto político pessoal e familiar. Mesmo fora da presidência, Nestor era visto como a eminência parda, poderosa e decisiva por trás do governo de sua esposa, Cristina Kirchner.

A ausência do Senhor K muda o cenário político argentino. Cristina pode tentar reeleger-se, mas estará enfraquecida pela baixa popularidade e pela falta de seu principal articulador. Entretanto, a saída inesperada de Kirchner da cena nacional pode também fortalecê-la ou a quem se firmar como sucessor de seu legado. E no que consiste esse legado?

Kirchner logrou conectar-se com amplas parcelas do povo argentino, com os marginalizados, desempregados, desvalidos, muitos dos quais não tinham voz junto às elites políticas. Essa aliança com as massas se deu em pleno processo de afirmação do Fórum Social Mundial, e Kirchner soube capturar (alguns dirão cooptar) as forças emergentes anti-globalização excludente – numa renovada geração de políticos latino-americanos.

Além disso, Nestor assumiu a causa dos desaparecidos políticos como uma causa sua, agindo contra a lei de anistia e apoiando o direito à memória e à punição de torturadores do regime militar – daí a sua aliança com as madres e abuelas da Praça de Maio. Sai de cena, em plena atividade, um líder controverso.

Enviá tu comentario

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

IMPORTANTE: Los comentarios publicados son de exclusiva responsabilidad de sus autores y las consecuencias derivadas de ellos pueden ser pasibles de las sanciones legales que correspondan. Aquel usuario que incluya en sus mensajes algn comentario violatorio del reglamento ser eliminado e inhabilitado para volver a comentar.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.